quarta-feira, 12 de junho de 2013

Amar é...

Quem lembra do álbum de figurinhas do casalzinho pelado que vinha com frases românticas? Acho que a maioria das meninas da época. As tirinhas foram criadas pela neozelandesa Kim Grove, em 1967. Ela começou a fazer os desenhos para o seu namorado, o italiano Roberto Casali, com quem se casaria depois.



Em 1970, o casal conseguiu vender os direitos autorais dos personagens para o jornal Los Angeles Time, que passou a publicar suas histórias periodicamente. Elas foram veiculadas em mais de 60 países. Seis anos após a publicação da primeira tirinha, Roberto Casali morreu vítima de um câncer. Após a morte de Kim, em 1997, seu filho Stefano Casali assumiu a produção das tirinhas. Mas não é ele o autor dos desenhos, está sob os cuidados do indiano Bill Asprey.

A Editora Abril foi quem lançou o álbum de figurinhas autocolantes com o casal em 1978. Os adesivos eram vendidos num pacote com três unidades, sendo 226 o total. Foi relançado três vezes: em 1982, em 1991 a revista tinha o formato de coração e em 2005 trazia uma versão mais moderna dos desenhos.

Você lembra de algumas frases?

Amar é... Perder a cabeça toda vez que pensar nele.
Amar é... Quando você deixa de se comportar como criança.
Amar é... Aquela emoção quando seus olhos se encontram.
Amar é... Quando o coração bate tão forte que você pensa que os outros vão ouvir.
Amar é... Tê-la sempre no pensamento.
Amar é... Algo indefinível.
Amar é... Um sol radioso em dia de tempestade.
Amar é... Querer estar sempre juntos.
Amar é... Gostar dos cinco milhões de sardas dela.
Amar é... Perder o apetite.
Amar é... Sentir um nó no estômago ao pensar nele.
Amar é... Dividir tudo: mesmo um saquinho de pipocas.
Amar é... Beber suco de limão que ela adora.
Amar é... Usar apelidos afetuosos um para o outro.
Amar é... Tirar-lhe os cabelos na frente dos olhos.
Amar é... Sentar bem juntinhos no sofá.
Amar é... Dar-lhe o pedaço maior do bolo que mais gosta.
Amar é... Traçar a dois, pacientemente, a árvore genealógica.
Amar é... Interessar-se pelo álbum de familia dela.
Amar é... Sonhar com sinos e bebês.
Amar é... Procurar apartamentos juntos.
Amar é... Parar com ela diante de uma loja de vestidos de noivas.
Amar é... Preferir ser infeliz com ele, que infeliz sem ele.

E os que adoram sacanagem e colocar um pouquinho de pimenta, aí vai uma sátira proibida para os que nasceram no final dos anos 90 e nos anos de 2000:




Quer um álbum do Amar é? Então clica aqui.

Um comentário:

Jessica Cantarelli Versiani disse...

Bem que podiam relançar pra nossa juventude so conheço de ouvir minha mãe contar