sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Tazos


Se você viveu teve sua infância nos anos 90, vai lembrar dos Tazos, ou seja, aqueles discos de plástico com figuras de desenhos animados. Mas pra quem colecionava era muito mais que isso, era moeda de escambo.

Praticamente virou dinheiro nas nossas mãos: "Troco três Tazos super por um hiper."

Tinha alguns que eram realmente raros e difíceis de conseguir. Quando tínhamos muitos repetidos jogávamos bafo e a ordem era: bateu virou ganhou.

E nessa história toda pouco interessava o salgadinho, pois o que importava mesmo era o que vinha dentro. A adrenalina ficava a mil, na esperança de ser premiado com aqueles raros, ou pelo menos um que não fosse repetido.

Não sei vocês, mas eu comia o salgadinho pouco a pouco, geralmente o Tazo estava escondidinho lá embaixo do pacote e era deliciosa a sensação de poder pegá-lo no final.

Os Tazos foram modificando aos poucos, ficaram mais bonitos, texturizados e mais coloridos. Tinha até aqueles que conforme você mexia ele mudava de posição, em alto relevo, com brilhos, ouro, prata e bronze. Por fim, chegaram até os que voavam e o Pega-Tazos.

Bom, só sei dizer que foi uma febre e deixou boas recordações, até mesmo as brigas entre irmãos pra ver de quem era o mais bonito e legal.

Bons tempos!



.

Nenhum comentário: