sexta-feira, 8 de junho de 2012

Bat-Beg ou Bate-Bate


Conta a lenda que este brinquedo era extremamente viciante, mas um tanto quanto perigoso, porque se errasse a freqüência das batidas, quem sofriam eram nossos braços, mãos e dedos. O objetivo era fazer com que as bolas se batessem encima e embaixo, o que se conseguia com muita agilidade e rapidez. O barulho que o Bat-Beg fazia não era muito bem vindo depois de longas tentativas, mas o negócio era quem podia mais, até campeonato tinha na minha rua e escola.




.

4 comentários:

Lindinha disse...

Compre bolinhas de pebolim (Totó) na internet tem pra vender. Pegue duas e fure com uma furadeira. Pegue um pedaço de corda de varal e uma ARUELA DE METAL grande. Passe a cordinha de varal pelos furos das bolinhas e de um nó grande nas pontar coloque a aruela no centro da cordinha. Pronto!! Tai seu BAT¨BEG ressucitado!!

Anônimo disse...

nao façem comprei e nao deu certo. Eu fiz o meu com duas bolinhas de desodorante e pintei e coloquei uma aruela e uma cordinha de nilom e coloqui um pou quinho de areia pra pesar

Hamblam disse...

Já sofrí vários ematomas com isso, mas não desistia! Rs.

Anônimo disse...

Quem nunca se encheu de hematomas e/ou usou artificios geniais para se proteger de tê-los não sabe o que é uma infancia cheia desafios. kkkkkkkk