sexta-feira, 19 de março de 2010

Defendendo o meu posto de filha caçula

Como sou filha caçula, os conselhos abaixo passam de mãe para mãe de modo verbal ou por correntes de e-mail e propõem verdadeiros maus tratos. Esta injustiça tem que parar:

O que vestir
1º bebê. Você começa a usar roupas para grávidas assim que o exame dá positivo.
2º bebê. Você usa as roupas normais o máximo que puder.
3º bebê. As roupas para grávidas são suas roupas normais.

Preparação para o nascimento
1º bebê. Você faz exercícios de respiração religiosamente.
2º bebê. Você não se preocupa com os exercícios de respiração, afinal lembra que, na última vez, eles não funcionaram.
3º bebê. Você pede a anestesia peridural no oitavo mês.

O guarda-roupas
1º bebê. Você lava as roupas que ganha para o bebê, arruma de acordo com as cores e dobra delicadamente dentro da gaveta.
2º bebê. Você vê se as roupas estão limpas e só descarta aquelas com manchas escuras.
3º bebê. Meninos podem usar rosa, né?

Preocupações
1º bebê. Ao menor resmungo do bebê, você corre para pegá-lo no colo.
2º bebê. Você pega o bebê no colo quando seus gritos ameaçam acordar o irmão mais velho.
3º bebê. Você ensina o mais velho a dar corda no móbile do berço.

A chupeta
1º bebê. Se a chupeta cair no chão, você guarda até que possa chegar em casa e fervê-la.
2º bebê. Se a chupeta cair no chão, você a lava com o suco do bebê.
3º bebê. Se a chupeta cair no chão, você limpa na camiseta e dá novamente ao bebê.

A papinha
1º bebê. Você compra tudo natural, prepara você mesma e prova antes de dar ao bebê.
2º bebê. Você prepara a papinha com os ingredientes comprados para a família.
3º bebê. Pega a sobra do jantar e amassa tudo com caldo de feijão.

Troca de fraldas
1º bebê. Você troca as fraldas a cada hora, mesmo se elas estiverem limpas.
2º bebê. Você troca as fraldas a cada duas ou três horas, se necessário.
3º bebê. Você tenta trocar a fralda antes que as outras crianças reclamem do mau cheiro.

Atividades
1º bebê. Você leva seu filho para as aulas de musicalização para bebês, teatro, contação de história...
2º bebê. Você leva seu filho para as aulas de musicalização para bebês.
3º bebê. Você leva seu filho para o supermercado, padaria, etc.

Saídas
1º bebê. A primeira vez que sai sem o seu filho, liga cinco vezes para casa para saber se ele está bem.
2º bebê. Quando você está abrindo a porta para sair, lembra de deixar o número de telefone de onde vai estar
3º bebê. Você manda a babá ligar só se ver sangue.

Em casa
1º bebê. Você passa boa parte do dia só olhando para o bebê.
2º bebê. Você passa um tempo olhando as crianças só para ter certeza que o mais velho não está apertando, beliscando ou batendo no bebê.
3º bebê. Você passa um tempinho se escondendo das crianças.

Banho
1º bebê. Usa uma banheira nova, cheia de brinquedinhos pendurados, com sabonete especial e água fervida.
2º bebê. Usa a banheira do irmão mais velho, não importa a cor, não tem mais brinquedos. Você amorna a água e usa qualquer sabão.
3º bebê. Coloca o bebê em pé no box e lava com água comum.

Engolindo moedas
1º bebê. Quando o primeiro filho engole uma moeda, você corre para o hospital e pede um raio-x.
2º bebê. Quando o segundo filho engole uma moeda, você fica de olho até ela sair.
3º bebê. Quando o terceiro filho engole uma moeda, você desconta da mesada dele.


E você que é caçula, que outra barbaridade teve que suportar?

Bom, isso é só uma brincadeira, ou você levou a sério?




..

2 comentários:

Helaina Carvalho disse...

Oi!! ^^
Amei seu blog!! Já estou seguindo!! Sinto falta da minha infância... Como essa época foi boa... as crianças de hoje não sabem o que estão perdendo!!

Coitado do caçula... ele sofre...
Mas te garanto que a vida do filho único também não é o mar de rosas que todo mundo pensa!! ^^

Bejinhos;

Comédia disse...

Esse post esta no Comédia