segunda-feira, 25 de abril de 2011

Querida Infância

Por @QueridaInfancia

Sempre que brigava com meus pais, planejava fugir de casa com minhas coisas.

Torcia para o Tom e Jerry ficarem amigos.

Já plantei feijão no algodão.

Grudava o chiclete nos dentes para fazer de conta que era aparelho.

Quando ia para a escola com tênis novo todos pisavam nele para estrear.

Assoprava os cartuchos de vídeo-game para funcionar novamente.

Já fingi que estava dormindo no sofá da sala só para os meus pais me levarem no colo pra cama.

Jogava Super Mario World, Super Mario Kart, Doonkey Kong e Mortal Kombat no Super Nintendo.

No primeiro dia de aula a professora sempre pedia pra fazer um desenho ou redação sobre as férias.

Ficava até tarde da noite brincando na rua.

Tive Iô Iô da Coca Cola que acendia luzinha.
















Apertava a campainha dos outros e saia correndo.

Pedia a professora para ir no banheiro e minha vontade mesmo era só passear.

Na escola, pelo menos uma vez por semana era cantado o Hino Nacional.

Torcia para os personagens do Caverna do Dragão conseguirem ir pra casa.

Colocava um travesseiro debaixo da camisa para fingir que estava grávida.

Ficava procurando as letras do meu nome na sopa de letrinhas.

Brincava de Pega Varetas e sempre tentava pegar a preta porque valia 50 pontos.

Deitava na rede, fechava ela e pedia pra alguém me balançar bem alto.

Pensava que seu eu comesse espinafre ficaria forte igual ao Popeye.

Quando a professora entrava na sala de aula eu grudava o chiclete debaixo da carteira.

Falava que Tic Tac era remédio.

Saia correndo quando batia o sinal na escola para ser a primeira da fila na cantina.

Quando viajávamos sempre abanava para os carros que ficavam para trás.



.

Um comentário:

Josiel Dias disse...

Olá querida Vivian Graça e Paz.
Parabéns pelo blog muito Legal.
Aproveito a oportunidade para compartilhar com os amados os nossos blogs.
Mensagem Edificante para alma
http://josiel-dias.blogspot.com
Iec@blog http://iecaalcantara.blogspot.com

Deus te abençoe ricamente
Josiel Dias
Rio de Janeiro