sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Xou da Xuxa

O programa foi apresentado na Rede Globo entre 30 de junho de 1986 a 31 de dezembro de 1992, nas manhãs de segunda-feira a sábado, com direção de Paulo Netto e produção de Marlene Mattos. Em 1993, ele voltou a ser apresentado junto com o TV Colosso na temporada de verão.

A Paquita e Xiquita Sorvetão já eram ajudantes da Xuxa na Manchete, mas quando a apresentadora se transferiu para a Rede Globo os espaços se tornaram maiores, exigindo mais duas ajudantes que receberam os nomes de Pituxa e Catuxa. Devido ao apelido dado a sua primeira assistente de palco, o grupo passou a ser chamado de Paquitas. Em 1987, as Paquitas foram substituidas por assistentes menores chamadas de Xiquitita, Catuxita, Paquitita, Pituxita, Miúxa e Pituxa Pastel. Em 1989 vieram os Paquitos Alexandre, Robson, Marcelo Faustini, Gigio, Cláudio Heinrich e Yuri.

O programa contava com o personagem Dengue, que na época foi baseado na campanha contra o mosquito da dengue e o Praga, uma tartaruga anã. Os fantoches Moderninho, Frentinha, Xuxo e Tomy eram grande sucesso.


Em 1988, foi lançado o quadro "Paradão dos Baixinhos", onde artistas que mais se destacavam na música nacional da época participavam. Entre os convidados estão o Trem da Alegria, Beto Barbosa, Cid Guerreiro, Rosana, Patricia Marx, José Augusto, Dr. Silvana & Cia, Angel, Roupa Nova, João Penca & Seus Miquinhos Amestrados.

Os desenhos ocupavam a maior parte do programa, um verdadeiro acervo e entre eles estão: He-Man e os Defesnsores do Universo, Mickey & Donald, Rambo, Scooby-Doo, Caverna do Dragão, She-Ra, As Tartarugas Ninjas, Smurfs, Snorkels, Zé Colméia, Manda-Chuva, Os Flinstones, Os Ursinhos Gummi, Peter Pan, Samurai Pizza Cats, Os Caça-Fantasmas, G.I. Joe, Thundercats, Família Dinossauros, Os Superamigos, etc.

O fim do programa foi em 31 de dezembro de 1992, onde Xuxa recebeu todas as ex-Paquitas e J. Silvestre a surpreendeu com o "Esta é a sua Vida" que culminou com a entrada de seu pai, com quem ela não falava há 5 anos.




Quem teve a infância nessa época certamente era fã do Xou da Xuxa. Não é diferente comigo, lembro que queria ser uma das paquitas, vestir aquelas botas e ficar cantando e dançando com pompom nas mãos. Quem nunca sonhou em dar uma voltinha na nave espacial ou até mesmo no parquinho do cenário? E a famosa frase: "um beijo pro meu pai, pra minha mãe e especialmente pra você!"? E as milhares de cartas que ela lia no programa? Você enviou uma também? Era tudo mágico, desde o cenário, as roupas, as brincadeiras e a própria Xuxa. Não sei qual a razão por falarem mal dela e do programa em si, não me levou pro mal caminho, se eu queria ser uma paquita ou ter alguns luxos, foi por ser uma criança normal como qualquer outra. Hoje em dia não existe na televisão algo parecido, com desenhos animados que nos prendem. Confesso que hoje não curto muito o programa dela, não sei se é o formato ou se eu cresci, mas com certeza o Xou da Xuxa me renderam boas lembranças! hehehe

Um comentário:

Anônimo disse...

eu dessa geração que sonho a xuxa faz parte da minha vida... e hoje da minha filha isso e maravilhoso...