sexta-feira, 19 de junho de 2009

Cartilha Caminho Suave

Durante décadas, a Cartilha Caminho Suave alfabetizou um terço da população adulta brasileira. Impossível esquecer a letra "A de Abelha", "E de Elefante", "I de Igreja" e "Z de Zabumba". Se o construtivismo deu certo ou não, a verdade é que com essa cartilha terminávamos a primeira série alfabetizado.

A Cartilha Caminho Suave, concebida pela educadora brasileira Branca Alves de Lima (1911-2001) cuja 1ª edição é de 1948, parece ter sido um fenômeno de vendas no Brasil. Calcula-se que todas edições, até a década de 1990, venderam 40 milhões de exemplares. Apesar de não ser mais o método "oficial" de alfabetização dos brasileiros, a cartilha de Branca Alves de Lima ainda venda cerca de 10 mil exemplares por ano.

Especialistas em pedagogia afirmam que "Caminho Suave" e "Sodré" (de Benedita Stahk Sodré, autora da Cartilha Sodré) são os únicos métodos realmente brasileiros de alfabetização em português.

O método da Cartilha Caminho Suave começa pelas vogais, forma encontros vocálicos e depois parte para a silabação. O sucesso editorial seria devido ao fato de unir o processo analítico ao sintético, facilitando o aprendizado. Há um exemplar de edição bem posterior, dos anos de 1980, quando a cartilha foi modificada e vários exercícios foram incluídos.

Você se lembra?

A de Abelha
B de Barriga
C de Cebola
D de Dado
E de Elefante
F de Faca
G de Gato
H de Hora
I de Igreja
J de Jarra
L de Laranja
M de Macaco
N de Navio
O de Ovo
P de Pato
Q de Queijo
R de Rato
S de Sapo
T de Tatu
U de Unha
V de Vaca
X de Xadrez
Z de Zabumba



.

3 comentários:

Patrícia disse...

Olá, você sabe onde encontro essa cartilha? estudei com ela e quero muito dar uma para meu sobrinho.
grata.

Patrícia disse...

Eu quero uma dessas de novo...me alfabetizei com ela..uashaush..onde encontro??

Anônimo disse...

http://carolcampos.files.wordpress.com/2009/08/cartilhacaminhosuave.pdf para downloads