quarta-feira, 10 de junho de 2009

Por onde andam os personagens da Turma do Chaves?



Com certeza todos conhecem os atores que interpretaram os personagens mais famosos da Turma do Chaves, desde a década de 70 até hoje, pois fizeram parte da infância da maioria das pessoas.

O post de hoje é um pouco extenso, mas vale a pena saber aonde estão estas pessoas que encantaram e ainda encantam as crianças. Aonde está?

Chaves
Chaves Gómez Bolaños (Chespirito)
21/02/1929 - 80 anos

Roberto Gómez Bolaños ficou conhecido mundialmente por séries televisivas como El Chavo del Ocho e El Chapulin Colorado. É sobrinho do ex-presidente mexicano Gustavo Diaz Ordaz Bolaños. No dia 19 de novembro de 2004, Chespirito e Florinda Meza, intérprete da personagem Dona Florinda, se casam após mais de 25 anos de união "não-oficial". O casamento ocorreu na Cidade do México e vivem até hoje por lá. Bolaños é pai de seis filhos, fruto do seu primeiro casamento. Chespirito estabeleceu batalhas legais com os antigos atores de Chaves para evitar que usem os personagens do programa sem o seu consentimento. Essa é uma das razões pelas quais Villagrán utiliza o nome "Kiko", já que Chespirito tem direitos autorais apenas por "Quico". Também já usou o nome de Frederico, em um seriado solo. Em 2002, Bolaños tentou mover uma ação judicial contra a atriz Maria Antonieta de Las Neves (Chiquinha), pedindo o cancelamento da licença que a atriz tinha para fazer uso da imagem da personagem Chiquinha. A atriz, após o fim do programa, ainda encarnava a personagem no circo e no teatro. Quando a atriz recebeu a ação das mãos do oficial da justiça, tomou um susto tão grande que teve um princípio de infarto e foi internada. Depois que teve alta, Maria Antonieta entrou com recurso e ganhou a causa e continua fazendo o uso da imagem de sua personagem. No entanto, sua relação com Bolaños ficou abalada e nunca o perdoou por isso. Na série animada, a chiquinha não aperece nem na primeira e segunda temporada. No ano de 2000, recebeu uma homenagem por sua trajetória artística e sua contribuição como melhor humorista, no qual compartilhou momentos com todos os atores que conviveu por mais de 20 anos no programa Chespirito, incluindo Carlos Villagrán (Quico). Em 2003 lançou seu livro de poemas chamado Poemas Y Un Poço Más, no qual teve grande aceitação por parte do público.


Quico
Carlos Villagrán Eslava
12/01/1944 - 65 anos

O intérprete de Quico, garoto mimado e filho de Dona Florinda, nasceu em 12 de janeiro de 1944. O curioso é que ele no início não era nada rico. No vilarejo onde vivia, a sua família era a mais pobre de todas, na sua infância nunca havia dormido em um colchão. Ele é conhecido como Pirolo, pois antes de atuar em Chaves, tinha um personagem com esse nome. Ainda antes de viver o Pirolo, foi fotógrafo profissional de vários jornais conceituados do México. Seu sonho era ser comediante ou jogador de futebol. A convite de Rubén Aguirre, Carlos Villagrán deixou a fotografia aos 23 anos e começou a viver Quico, personagem que que já interpretava no teatro. Apareceu nos dias 21 e 28 de setembro de 2008 no programa do "Pânico na TV", quando foi apresentada uma matéria sobre Carlos Villagrán e seu circo. Nesta oportunidade, o ator falou sobre Bolaños, reafirmando que foi tirado do programa e o acusou de querer ser Deus e dono de tudo. Alegou ainda que o personagem Quico é seu, já que vários de seus trajetos foram criados por ele. Silvio e Vesgo dão a tão sonhada bola quadrada. Carlos Villagrán já teve um caso com Florinda Meza antes de esta se casar com Chespirito. Atualmente vive na Argentina com sua esposa e com seus seis filhos e mantém o Circo do Quico.


Chiquinha
Maria Antonieta De Las Nieves
22/12/1950 - 59 anos

Sua carreira começou com seis anos de idade fazendo um programa de televisão, aos oito anos já realizava dublagens. No início de sua carreira queria ser uma das mais conhecidas atrizes mexicanas em papéis dramáticos, mas Chespirito mudou os planos da atriz, embra sempre quis ser vedete. A forma em que Chespirito a encontrou foi enquanto fazia umas dublagens para a televisão, ele buscava uma mulher jovem e pequena para uma comédia local. Ela disse que não era cômica e não gostava de comédia, então Chespirito contestou: "Então, você não é uma boa atriz, não existem atores dramáticos ou cômicos, existem apenas atores!" Maria Antonieta é casada com o produtor de televisão mexicana e é mãe de dois filhos. Até hoje ela interpreta a personagem Chiquinha e se apresenta em muitos países latino-americanos com o seu circo.


Seu Madruga
Ramón Valdez
02/09/1923 - *09/08/1988
Faleceu aos 65 anos, vítima de câncer no pulmão

Ainda hoje seu personagem é cultuado, havendo diversas páginas, blogs, comunidades nos sites de relacionamentos em sua homenagem. Casou-se três vezes e teve dez filhos. Faleceu de câncer de pulmão, ocasionado pelo fumo, que depois espalhou-se pelo estômago. Sabe-se que Ramón Valdes tinha uma memória privilegiada. Fora do estúdio vestia-se quase como no seriado, pois afirmava que com o jeans podia sentar-se onde quisesse sem temer sujar a roupa. Apesar de, no seriado Chaves, Seu Madruga fugir da Bruxa do 71, na vida real os dois eram muito amigos, tanto que quando Ramón morreu, a atriz passou a noite ao lado do corpo chorando e dizendo "Mi Rorro". A atriz ficou tão decepcionada que começou a descuidar da saúde e envelheceu mais rapidamente. Também manteve uma grande amizade com o ator Édgar Vivar (Senhor Barriga), Rubén Aguirre (Professor Girafales) e Carlos Villagrán (Quico). Seu Madruga era um personagem fácil de interpretar por Ramón Valdes, já que sua personalidade era muito semelhante a de seu peronagem e, por conseguinte era normal que o ator chegasse tarde às gravações, assim como também um pouco distraído e um tanto irritado.


Dona Florinda/Pópis
Florinda Meza Garcia
08/02/1948 - 61 anos

Sempre atuando ao lado de seu marido, Florinda Meza já escreveu algumas novelas e atuou em outras. Também é diretora de TV. Uma das novelas que Florinda Meza escreveu foi: La dueña (refilmada e exibida no Brasil pelo SBT com o nome de Amor e ódio, em 2001).Um fato curioso na vida de Florinda foi o de ela já ter tido um caso com Carlos Villagrán, que interpretava o Quico, antes de se casar com Chespirito. Dizem que graças a ela, Roberto Gómez Bolaños e Carlos Villagrán deixaram de se falar e não mantiveram nenhum contato por 20 anos, até se encontrarem novamente numa homenagem feita pela emissora Televisa ao mestre Chespirito. A causa disso pode ser mero “ti-ti-ti”, mas Chespirito e Villagrán realmente não se falaram, nem sequer se viram por duas décadas. Hoje em dia, Florinda Meza vive no México com seu marido e ainda é atriz, mas se dedica mais à sua vida com Bolaños pois abriu mão da maternidade ao se casar com ele que não queria ter mais filhos pois já era pai de seis do seu primeiro casamento e já estava vasectomizado. A atriz não tem nada a ver com a velha chata e mal-humorada que nunca se separava de seu avental e muito menos dos bobes na cabeça, é totalmente oposta no físico e na personalidade.


Professor Girafales
Rubén Aguirre Fuentes
15/06/1934 - 75 anos

Rubén Aguirre iniciou-se como ator em Monterrey com um famosíssimo personagem da cidade chamado Pipo.
Antes de iniciar-se nos programas de Chespirito, ele tinha seu próprio programa chamado “El Club de Shory” no qual participavam Carlos Villagrán (Quico) e Maria Antonieta (Chiquinha).
Está casado desde 1960 e é pai de sete filhos, desde 1976 realiza apresentações em circos, sempre com o personagem Professor Girafales.
Devido a um problema na perna, Rubén tomou cortisona imaginando que tinha artrite, já que sofria de terríveis dores no joelho. O problema, no entanto, não era esse e Rubén acabou engordando vinte quilos. O ator comemorou seus setenta anos com 122 quilos. Até então ele se apresentava com seu circo “El Circo Del Professor Jirafales” que atualmente está parado. Há tempos Rubén não dá entrevistas e nem fala com a imprensa, pois ele tem vergonha da sua aparência. Rubén atualmente não trabalha mais com seu circo, está envolvido em projetos para a TV.


Senhor Barriga/Nhonho
Edgar Vivar
28/12/1944 - 65 anos

Edgar, nos últimos anos, infelizmente teve vários problemas cardíacos devido a seus 134 quilos e chegou há ficar seis meses internado numa UTI. Atualmente também tem um circo, assim como outros ex-atores das séries, e faz novelas e peças de teatro. É divorciado e pai de dois filhos, sua ultima produção foi uma série na Argentina.
Em 2003 esteve no Brasil, e foi ao programa “Falando Francamente” de Sônia Abrão. Edgar foi muito homenageado e se emocionou bastante no programa. Ainda em sua visita ao Brasil, o ator declarou que nunca foi amigo de Carlos Villagrán. Carlos assistia a entrevista pela TV e ficou muito chateado porque sempre se considerou um grande amigo de Edgar.
Edgar, recentemente foi homenageado em um programa no Chile e inclusive interpretou o personagem num especial. Chaves, Chiquinha e Seu Madruga foram feitos por outros atores.


Bruxa do 71/Dona Clotilde
Angelines Fernández Abad
09/07/1922 - *25/03/1994
Faleceu aos 72 anos, vítima de câncer no pulmão

Logo no começo da Segunda Guerra Mundial, seguiu para o México e começou sua carreira de atriz no início dos anos 70, quando Chespirito a convidou para trabalhar no seriado Chaves, interpretando a Dona Clotilde, que era chamada pelas crianças de Bruxa do 71.
Angelines foi a terceira do elenco do Chaves a morrer, depois de Ramón Valdez, que interpretava o personagem Seu Madruga e Raúl Padilla, que interpretava o personagem Jaiminho, o carteiro.
Poucos sabem, mas Angelines ao contrário de sua personagem, era considerada uma das mulheres mais bonitas do México.

Um comentário:

Israel disse...

Vivian!!!

Muito bom vc ter voltado!!

Conte com "nós"!!!

Hehehe!!!