quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Adorava ler os livros da Série Vagalume


Um livro é um brinquedo feito com letras. Ler é brincar.

[Rubem Alves]


Até hoje sou apaixonada por leitura. A biblioteca da escola sempre foi minha morada, lá esquecia de tudo e viajava na imaginação. A maioria das crianças gostam de livros com bastante figuras coloridas e pouco se interessam pela leitura, eu era diferente. Gostava de viajar nas histórias e as figuras eram apenas complementos. E dentre eles estão a Série Vagalume, não existe quem não passava horas lendo estes fantásticos livros na escola, principalmente na sétima e oitava série, mesmo que cheios de fitas adesivas nas lombas e nos rasgos de tanto serem usados.



A Série Vagalume era uma coleção de livros lançados pela Editora Ática em 1972. As obras são voltadas para o público infanto-juvenil e trazia suplementos para atividades para o leitor, sendo escolhidos por muitas escolas.


.

7 comentários:

Renato disse...

Eu amova o livro "O caso da Borboleta Atíria, que contava uma fabula bem fantasiosa de um reinado de insetos que trazia como protagonista uma simples e pequenina Borboleta, já li a serie toda mas a que mais me emprecionou foi O caso da Borboleta Atíria Beijos Vivian está fazendo um ótimo trabalho na Blogosfera!!!!

Marcelinho disse...

Eu amo ler esses livros e até estou escrevendo um livro baseado nesses. Quero comprar a coleção inteira

Luiz disse...

Caraca ! Li vários deles no primário, mas era um suplício pq era sempre nas férias de meio de ano .
rsrsrs

He-Man Augusto disse...

eu li 2 desses ai.

Anônimo disse...

Putz! Detestava ler esses livros! kkkk. Acho que tive que ler uns 4 ou mais desses aí.

Pensamentos Soltos disse...

Eu amava ler esses livros, li a coleção toda, até hoje penso em comprá-la.

Pixy disse...

Entrei em contato com esta coleção pela primeira vez quando tinha uns 5 anos(final dos anos 1980), quando meu irmão apareceu com Minha Primeira Reportagem. Na 5° série, adorava ficar na biblioteca da escola, e li várias vezes O Caso da Borboleta Atíria (que reli ano passado, após encontrar em uma mesa de doações de uma biblioteca). Fora esse, li poucos exemplares dessa ótima coleção: Um Cadáver Ouve Rádio, O Fantasma de Tio William, Deus me Livre!, e Zezinho, o dono da porquinha preta. Uma outra coleção que gostava também, e que é dos anos 1990, e a 7 faces.